O Grêmio venceu neste domingo a Ponte Preta por 3 a 1 na Arena pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Numa primeira etapa complicada, o Tricolor Gaúcho saiu atrás, porém teve forças para reagir no confronto e a entrada de Fernandinho fez a diferença. Os gols foram marcados por Lucas Barrios em duas oportunidades e Everton, enquanto Rafael Thyere fez contra.

Com o resultado, o Grêmio se mantém no segundo lugar com 28 pontos, enquanto a Ponte Preta está em décimo sexto lugar com 15 pontos. Na próxima rodada o Grêmio visita o Vitória na quarta, às 19h30min, no Barradão. No mesmo dia a Ponte Preta recebe o Coritiba, às 21h, no Moisés Lucarelli.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Jogo

Primeiro Tempo:

Muito truncado esse começo de jogo na Arena. Com a Ponte Preta bem fechada, enquanto o Grêmio tem dificuldades de entrar na defesa do time paulista. Aos 20, Lucca puxou contra-ataque sozinho, levou para a perna direita e soltou a bomba. Grohe não achou nada e ficou só torcendo para a bola ir para fora. Foi o que aconteceu. Aos 21, após Rodrigo errar passe, Barrios achou Ramiro pela direita, o volante dominou e disparou. Aranha espalmou.

O Tricolor Gaúcho não consegue se impor diante da forte marcação da Macaca. Aos 34, Thyere marcou contra após jogada de Lucca pela direita. Nino Paraíba lançou o camisa 9, que busca Sheik dentro da área. Na tentativa de cortar, Thyere tocou errado e abriu o placar a favor da Macaca. Agora Grêmio-0 Ponte Preta-1. Aos 45, Pedro Rocha recebeu na direita, cortou para dentro e bateu cruzado. Bola passou por Barrios e Ramiro e saiu com muito perigo.

Na etapa inicial o Grêmio sofreu muito para penetrar na forte marcação da Macaca. Por outro lado o time paulista jogou no erro gremista e conseguiu numa infelicidade do Thyere abrir o placar.

Segundo Tempo:

O Grêmio voltou com uma mudança. Saiu Arthur para a entrada de Fernandinho.  Já a Ponte Preta manteve a mesma formação.     

Com 03 minutos, Pedro Rocha aproveitou desatenção da marcação da Ponte, invadiu a área e buscou Barrios, mas Aranha chegou antes. Na sequência, Barrios arriscou, e o goleiro da Ponte trabalhou novamente.  Aos 06, Cajá bateu fechado e obrigou Grohe a se virar para evitar o gol olímpico. Aos 11, após saída errada da Ponte, o atacante tabelou com Pedro Rocha dentro da área e finalizou. Bola ainda desvia em Naldo e tirou qualquer chance de Aranha. Agora Grêmio-1 Ponte Preta-1. Aos 15, mudança na Ponte Preta. Saiu Renato Cajá para a entrada de Negueba. O Tricolor Gaúcho se abriu na busca da virada, porém permitiu os perigosos contra-ataques da Macaca. Aos 21, em cobrança de falta, Edílson soltou a bomba e levou perigo. Bola passou raspando o travessão de Aranha. Aos 23, Fernando Bob segurou Fernandinho dentro da área. Nada a contestar. Aos 25, Barrios deslocou Aranha e virou para o Tricolor. Agora Grêmio-2 Ponte Preta-1.  Aos 28, mudança na Ponte Preta. Saiu Fernando Bob para a entrada de Jean Patrick. Aos 32, mudança na Ponte Preta. Saiu Jadson para a entrada de Felipe Saraiva. Aos 35, Luan tentou Fernandinho no contra-ataque, mas bola bateu em Cortez a ficou a caráter para Pedro Rocha marcar. O chute passou muito perto do travessão de Aranha.

As mudanças realizadas pelo técnico Renato Portaluppi foram decisivas para a virada gremista na Arena. Aos 36, mudança no Grêmio. Saiu Pedro Rocha para a entrada de Everton. Aos 39, Lucca soltou a bomba da intermediária, mas de muito longe mesmo. Chute tinha endereço certo, mas Grohe salvou o Grêmio. Aos 40, mudança no Grêmio. Saiu Lucas Barrios para a entrada de Marcelo Oliveira. Aos 42, Everton ampliou e decidiu a partida! Em troca de passes envolvente, Luan achou Ramiro dentro da área, o volante ajeitou de cabeça, e Everton, também de cabeça, mandou para as redes. Agora Grêmio-3 Ponte Preta-1.

Na etapa complementar o Grêmio soube furar a forte marcação da Ponte Preta e conseguiu a virada diminuindo a diferença para o Corinthians em oito pontos.