Depois do treino desta sexta-feira no CT Presidente Luiz Carvalho, o técnico Renato Portaluppi destacou que confia na força do elenco. Para o duelo diante do Zequinha, o comandante gremista terá seis desfalques e diz que os atletas farão falta, porém confia nas opções de grupo que tem.

“Não estou assustado(com o alto número de de baixas), não. Mas prejudica o trabalho. Não tínhamos ninguém no departamento médico, e agora temos vários jogadores importantes entregues ao departamento médico. Até mesmo a cirurgia do Douglas. Eu não tenho medo de nada, confio no meu grupo. Mas é de se pensar. Temos vários jogos. Então fica difícil. Começa a espremer”, comentou Gaúcho.

“Você bota um time em campo, daqui a pouco, um dos jogadores também pode se machucar. Espero que ninguém mais se machuque e que os lesionados voltem o mais rápido possível”, completou o treinador, que mesmo com poucas opções ainda tenta esconder da imprensa o provável time do próximo domingo.

No ataque, o treinador não terá Luan e Pedro Rocha, lesionados. Além de Beto da Silva e Jael, reforços que vieram para essa temporada, também ficam de fora por lesão. Assim a dupla de ataque poderá ser Everton e Fernandinho.

“Fernandinho e o Everton estão concentrados com mais 20 jogadores, ou seja, podem jogar, assim como os demais, falou Renato após o treino.  Eu tenho que mandar fazer mais apitos… Está cheio de treinadores por aqui. É o que eu sempre falo. O jogador que está no grupo do Grêmio tem que estar preparado. Independente de quem quer que seja, ele pode começar e entrar na partida. Tem que estar preparada. A equipe já foi treinada. Está na minha cabeça”, comentou Gaúcho, que também tem Edílson e Douglas como baixas diante do São José.

Assim o Grêmio deve ir a campo com a seguinte escalação: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson, Maicon, Ramiro, Miller Bolaños e Fernandinho; Everton. O Tricolor está em segundo no Campeonato Gaúcho, com duas vitórias em três jogos.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio